Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
PROJETO DE CAPOEIRA “CRESCER”, COMPLETOU 4 (QUATRO) ANOS EM INDIAPORÃ

O Projeto de Capoeira “CRESCER” completou em setembro 4 (quatro) anos em nosso Município, os alunos do projeto são coordenados pelo Professor Rafael Goncalves Carvalho, morador da cidade vizinha de Ouroeste-SP, Rafael é graduado em Educação Física e Professor de Capoeira pelo grupo Cadência de Fernandópolis-SP, tendo como Mestres Emerson Binhardi e Hamilton Bernardo, Rafael pratica capoeira desde de o ano de 2000 e trabalha efetivamente com a arte a 10 anos, sendo com trabalho voluntario, projetos sociais ou aulas particulares, o Professor esteve à frente do Projeto Cidadão do Futuro, da cidade de Guarani d’Oeste-SP, por 4 (quatro) anos e desenvolve seu trabalho aqui em INDIAPORÃ-SP desde o ano de 2014, com início na Escola Municipal “Othaydes Luiz Arantes”, onde permaneceu por 2 (dois) anos, no ano de 2016 aplicou apenas aulas particulares em nosso Município, voltando a Escola Municipal Othaydes no ano de 2017 e este ano com o apoio da Prefeita Elaine Rocha e do setor de Assistência Social do Município, o Projeto está mais forte que nunca.

O Professor Rafael é corda azul e vermelha, nona graduação (corda) recebida por ele através se seus Mestres e o grupo Cadência.

O Projeto “CRESCER” é composto hoje em dia por alunos de 07 a 13 anos, com aulas todas as terças e quintas-feiras, as crianças interessadas deverão procurar o CRAS do Município que fica Centro Comunitário de nossa cidade, pois segundo o Professor ainda há vagas para o Projeto.

A capoeira é uma representação cultural que mistura esporte, luta, dança, cultura popular, música e brincadeira. Caracteriza-se por movimentos ágeis e complexos, onde são utilizados os pés, as mãos e elementos ginástico-acrobáticos. Diferencia-se das outras lutas por ser acompanhada de música.

Um dos significados da palavra capoeira refere-se às áreas de mata rasteira do interior do Brasil.

A luta de defesa pessoal, que é reconhecida também como dança, foi desenvolvida por escravos africanos trazidos ao Brasil.

O berimbau, principal instrumento que proporciona o som característico, é construído por um pedaço de pau, um pedaço de arame e uma cabaça. A base do jogo é a ginga, pois essa é uma importante forma de ataque e defesa do capoeirista. Na roda de capoeira o praticante manifesta seu conhecimento e desenvolvimento sobre a atividade.

A capoeira desenvolveu-se principalmente na Bahia e difundiu-se por vários estados, como o Rio de Janeiro, São Paulo e Pará.

A prática da capoeira trabalha a coordenação motora, aprimora a flexibilidade, equilíbrio e destreza, agilidade, memoria visual e musical, alivia as tensões do dia a dia, proporciona criatividade e liberdade de movimentos, além de disciplina, respeito a regras e melhor convívio social.

O objetivo do Projeto é trabalhar a arte e a cultura, além de proporcionar as crianças uma possibilidade de não estarem nas ruas sujeitas as drogas e outras males da ociosidade.

Para quem tem interesse em praticar a arte, para manter o equilíbrio do corpo e mente, o Professor Rafael tem grupos de capoeira na Academia Forma Física de Ouroeste-SP, os interessados poderão passar no CRAS as terças e quintas a partir das 15h30min para visitarem as aulas e obterem maiores informações.

Acompanhe também o trabalho do professor através de seu Instagram @rafa_carvalho

Confira mais Galerias de Fotos do Projeto: Graduação da Turma de 2017

                                                                            Apresentação na Festa das Nações de 2017

Galeria de Fotos